explosao

UNINOVE MEDICINA, DSM-5 e LITIGÂNCIA DE MÁ FÉ

Eu nunca pensei na minha vida que iria passar por tanto estresse, tantas noite sem dormir. Eu deveria estar estudando Medicina, mas tudo nessa faculdade é DOLOROSO. Acho que DOR é a palavra que mais combina com a instituição. E não é apenas a minha opnião. Nem pelo fato de eu ser uma boa aluna, eu escapo. Ninguém escapa. A qualquer momento você tem a sensação que pode sofrer com a desorganização da faculdade, o assédio moral, o sumiço de notas no painel. E quando a gente reclama via judicial porque o diálogo com a coordenação é impossível,os advogados tentam destruir a imagem dos alunos em seus processos, nem que para isso tenham que mentir. É, eles mentem. Por isso acho importante contar a minha história com essa faculdade. É preciso que ninguém mais entre na Medicina da Uninove enganado.

No início do semestre de 2022 eu solicitei transferência da unidade da Universidade Nove de Julho de Guarulhos para a Unidade Nove de Julho da Vergueiro. Foi através da Justiça porque tenho alguns problemas de saúde e meu tratamento estava sendo prejudicado. Vejam bem, sou boa aluna e tenho algumas doenças. Mas eles não se importam. Quando fiz minha transferência de unidade DA MESMA faculdade, a unidade da VERGUEIRO queria que eu refizesse o estágio de PEDIATRIA. Ganhei na Justiça o aproveitamento de horas, eles recorreram. Vou pegar esse processo como exemplo para citar a faculdade e seu “transtorno mental”. SIM, instituições podem ter transtornos mentais.

Além da palavra DOR que combina com a institição, a frase “não nos importamos com você” também combina. E se a gente olhar no livro de psiquiatria DSM-5 de transtornos mentais, a faculdade preenche 3 critérios de “transtorno de personalidade antissocial”. Vou citar os crtérios diagnósticos enquanto conto sobre meus últimos meses na faculdade.

No início do segundo semestre de Medicina, a faculdade veio com uma novidade. Um tal de “LEILÃO DE NOTAS”. Em um painel do auditório da instituição as notas dos alunos foram expostas em ordem decrescente. O INTERNATO de Medicina é composto de estágios supervisionados obrigatórios em diversos hospitais. Existem hospitais próximos e distantes da faculdades. Hospitais bons e outros nem tanto. Nesse processo de LEILÃO, os melhores alunos podem escolher primeiro o hospital que desejam estagiar. Aos de menores notas, os hospitais que sobrarem. Nesse LEILÃO, uma menina da turma 27 da unidade da VERGUEIRO não viu seu nome no painel. Foi quando questionou ao coordenador a ausência do seu nome. De imediato o coordenador disse no microfone que seu nome não figurava no painel porque ela estaria REPROVADA. Ele falou isso para todos do auditório. A menina entrou em pânico e solicitou mais informações ao coordenador. Ele, sem paciência, chamou os seguranças para retirá-la do auditório. Tem vídeo gravado abaixo sobre esse acontecimento. No DSM-5, podemos encaixar esse acontecimento como um padrão de desconsideração e violação dos direitos das outras pessoa.

Critério 1 do DSM-5

Fracasso em ajustar-se às normas sociais relativas a comportamentos legais, conforme indicado pela repetição de atos que constituem motivos de detenção

A faculdade tem fracasso em ajustar-se às normas sociais relativas a comportamentos legais, conforme indicado pela repetição de atos. PREENCHE o critério 1 do DSM-5. Ninguém pode humilhar alguém em público. No meu caso, seus advogados me chamaram de REPROVADA, mentindo. Quando fiz a a transferência, tive que realizar uma prova final no meio do segundo semestre de 2022. Portanto, minhas médias estão INCOMPLETAS, o cálculo final está INCORRETO. Tirei 93, 80 e 81 de média individual nas matéria de APS, Clínica Médica e Ginecologia e Obstetrícia. Mas a média final não foi colocada no sistema porque a prova ainda não foi corrigida. Os advogados, ao recorrer do aproveitamento da horas de PEDIATRIA, me chamaram de reprovada. Essa mentira preenche o segundo critério do DSM-5

Critério 2 do DSM-5

Tendência à falsidade, conforme indicado por mentiras repetidas, uso de nomes falsos ou de trapaça para ganho ou prazer pessoal.

“A agravada possui outras reprovações” É uma mentira. Entendem? Está o N/C como média final ( AV2), portanto o cálculo da média final está incorreto. E isso foi o combinado com a coordenadoria. Eu só faria a minha prova final, que ainda não foi corrigida, ao final de CIRURGIA. O corpo jurídico da institição usou esse “erro” do sistema com nota faltante para me chamar de REPROVADA. E que para uma reprovada seria risível aproveitar Pediatria, já que a reprovada iria ter que fazer outras matérias também. Preenche o segundo critério do DSM-5 mentindo sem “dó nem piedade” do aluno da instituição. Aluno nessa instituição é INIMIGO, LIXO para eles.

Como ganhei o aproveitamento de PEDIATRIA, faltavam apenas completar algumas horas nessa unidade da VERGUEIRO, porém o coordenador não responde meus emails e quando fui pedir às representantes de turma, segundo representante, ele é AGRESSIVO, não responde onde vou estagiar. Como foi também agressivo no LEILÃO DE NOTAS.

Critério 4 do DSM-5

Irritabilidade e agressividade

A faculdade não se importa em mentir e nem em me prejudicar. Age com irresponsabilidade e agressividade, vale lembrar o leilão de notas e a forma de comunicação equivocada com os alunos.

Os RECADOS postados pela coordenação aos grupos de MEDICINA são quase sempre em TOM de ameaça.

Um aluno que foi a aula e cumpre com suas obrigações, RECEBE FALTA. E falta na UNINOVE é um caso à parte. Uma instituição como ESSA, DEBOCHA da Justiça. É um país à parte. A autonimia universitária da UNINOVE é SOBERANIA universitária. Os alunos são estimulados na base da AMEAÇA.

A UNINOVE age de maneira ERRADA para manter as médias altas no ENADE e aumentar a sua popularidade como “boa faculdade”. Não sabemos o porquê, porém uma aluna de Medicina de uma de suas unidades suicidou-se. Na minha época na unidade de Guarulhos, uma outra aluna tentou diversas vezes se matar.

A ameaça de lançar falta ou conceito ZERO é “se vocês não obedecerem as ordens, serão REPROVADOS”. 1 falta na UNINOVE, reprova. A PRESENÇA no INTERNATO é 100%, enquanto as outras faculdades, 75%. Pessoas têm que viver além de fazer Medicina. Nos formamos médicos para entender a saúde, inclusive mental, do outro. Uma universidade de MEDICINA não pode tratar o aluno na base da ameaça.

Todos têm medo da REPROVAÇÃO. É vexatória, humilhante e nessa faculdade chega a ser PATOLÓGICA. A gente sobrevive sentindo raiva o tempo todo, jogando cortisol, hormônio do estresse, no sangue. São vários os alunos que sofrem de trastornos mentais na universidade.

A faculdade preenche 3 critérios ou mais do DSM-5 do “transtorno de personalidade antissocial”

  • Fracasso em ajustar-se às normas sociais relativas a comportamen
  • Tendência à falsidade, conforme indicado por mentiras repetidas, uso de nomes falsos ou detrapaça para ganho ou prazer pessoal.
  • irritabilidade e agressividade
  • Ausência de remorso, conforme indicado pela indiferença ou racionalização em relação a terferido, maltratado ou roubado outras pessoas.

Eu não consigo aceitar. Eu sei dizer NÃO. Mas a maioria dos alunos abaixa a cabeça. Sentem extremo medo. Eu não sinto medo, sinto que devo prosseguir com essa denúncia pelo país. Isso se chama cidadania. Um lugar que você frequenta na maior parte do tempo da sua vida, vida que você não terá de volta, não pode causar tantos danos à sua saúde. O caso dessa faculdade é caso de MPSP. É para se compartilhar, jogar na rede. COMPARTILHEM. Eles não mentiram somente no meu processo. Muitos alunos chegam até a mim pedindo o nome do meu advogado, Dr Otávio. Um exemplo, no caso do LEILÃO DE NOTAS que as alunas foram humilhadas.

Videos

Leilão de notas

Coordenador chama seguranças para retirar as alunas humilhadas

Eu não aceito. Pela maioria aceiar, não significa que o comportamento da faculdade está correto. Ambientes educacionais devem ZELAR pela saúde de seus alunos, pelo conforto, paz. Formar médicos não pode ser MOTIVO DE TORTURA. Formar médicos não é motivo para em PROCESSOS o corpo jurídico MENTIR em benefício próprio, isso se chama LITIGÂNCIA DE MÁ FÉ. Mentira em processo cível tem NOME.

Quando fiz minha publicação, a advogada da UNINOVE ligou para o meu advogado e ameçou fazer um BO na justiça contra mim. A faculdade extrapola, é invasiva, agressiva e SEMPRE AMEAÇADORA.

Eu vou continuar a enfrentar vocês, aguento apanhar forte, Eu não me conformo. E quem não se conforma MUDA o país. Não é so no dia das eleições que escolhemos os nosso destinos. É TODOS OS DIAS. NÃO UNINOVE!!!!!

“O homem revoltado é aquele que sabe dizer não”

CAMUS

#EUFALONÃO

Ao fazer esse POST, fui ameaçada pela ADVOGADA DA UNI9 que me ligou e ameaçou fazer um BO e um processo contra mim. É gente, o poste hoje em dia mija no cachorro. É o “perdoas me traíres” do Nelson Rodrigues. A gente passa por toda essa humilhação e estresse e a faculdade se SENTE no direito de processar seus alunos. Esse tipo de comportamento por parte da instituição reintera o que venho reclamando, a instituição opta pelo autoritarismo. Querer cercear a opinião de um aluno por, com certeza, ser ruim para “os negócios” é CENSURA. Meu blog é uma forma de IMPRENSA. E repito, a instituição não é SOBERANA. Autonomia universitária não é soberania.

Compartilhe o Post

263490156_1051921118717426_7014901890621647349_n
detail-flower.png

Sobre Mim

Estudante de Medicina, YouTuber, Blogueira, Colunista SanarMed, Academia Médica e Framework

Epigenética

DAHMER – Resenha da série

Quem não é da área médica, e especificamente da Psiquiatria ou psicologia, tem dificuldade em entender que há transtornos e não doenças psiquiátricas. E esses

Read More »